quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Como combater a retenção de líquidos?

Afecta sobretudo as mulheres durante o ciclo menstrual, reflectindo-se em inchaço e aumento de peso.

Homeopatia
A retenção hídrica pode levar a um aumento de peso, já que se elimina um volume inferior de líquido relativamente ao total ingerido ao longo do dia. A quantidade de urina produzida diariamente varia de 800 a 1500 ml dependendo da quantidade de líquidos ingerida.

Pelo facto de não serem eliminados os líquidos em excesso, podem surgir edemas. Para se tratar correctamente estas situações, temos de conhecer a(s) causa(s), que pode ser o mau funcionamento dos rins, a incapacidade do coração em bombear o sangue, problemas circulatórios, em geral, e em especial do sistema linfático.

A homeopatia propõe várias ajudas, claro está, dependendo da causa:
Adonis vernalis (Adonis-apenina)
Convalaria majolis (Lílio-convalio)
Helleborus niger (Heléboro-negro)
Solidago virga áurea (Vara-de-ouro)
Scilla marítima (Cebola-do-mar)
Scrofularia nodosa (Pimpinela-azul)
Existem também outras plantas com acção diurética como a cavalinha, o zimbro.

Telma Gonçalves Pereira,
Médica e especialista em homeopatia


Nutrição
Da mesma forma que podem ajudar a eliminar os líquidos em excesso no organismo, os alimentos também podem contribuir para a sua retenção. Prós essenciais: muita água - cerca de um litro e meio por dia, tendo presente que o sal a retém no organismo. Ingira outros líquidos como chás e batidos de frutas, para estimular a diurese.
Alho, cebola, rúcula, couve, tomate, alho francês e abóbora facilitam a circulação e/ou diminuem a retenção hídrica, logo também são aconselhados. Assim como a salsa, rica em vitaminas e minerais, que ajuda a digerir os alimentos mais pesados e actua como diurético.
Também poderíamos encaixar a cerveja, por ser diurética, não fosse o seu teor calórico. Ao contrário das frutas, como abacaxi, melancia, papaia e limão. Sem esquecer a banana, cujo teor de potássio contraria a retenção de fluidos.

Elimine o sódio da dieta. E atenção: não é só o sal na preparação da comida. Procure formas camufladas nos rótulos dos alimentos processados (o glutamato de monosódio, por exemplo). Os tecidos gordos produzem estrogénio, o que aumenta a retenção de fluidos. Se tiver peso a mais, faça uma dieta equilibrada e elimine os quilos em excesso.

Costuma acordar com nariz entupido, sofrer de dores de cabeça frequentes ou notar inchaço abdominal? É provável que exista uma desregulação metabólica causada por algum alimento da sua dieta que esteja a afectar o normal equilíbrio de líquidos no organismo. Faça o teste e descubra possíveis alergias alimentares. Evite bebidas que desidratam, ou pelo menos abusar delas. Refiro-me ao chá, café e principalmente álcool.

Em relação aos fármacos: a pílula é um dos mais conhecidos, mas os corticoesteróides, comprimidos para a tensão arterial elevada e anti-inflamatórios não-esteróides são igualmente prejudiciais.

Custódio César
Pós-graduado em Nutrição Clínica

Nota de Natural Naturalmente:
O Suco da Luz do Sol foi uma agradável surpresa, em relação a eliminar a retenção de líquidos. Neste momento tenho centenas de pacientes que conseguiram diminuir consideravelmente a retenção de líquidos só com o sumo tomado em Jejum pela manhã. É barato, faz-se em casa e os resultados são BRILHANTES.

Fonte:http://saude.sapo.pt/100_natural/artigos/geral/solucoes_naturais/ver.html?

Clique aqui para cadastre-se. Recebe as nossas actualizações via Email

3 comentários:

Anónimo disse...

Foi muito bom para mim a informação, sobre como evitar a retenção de liquidos através da alimentação, pois estou com 47 anos, não tenho pressão alta e estou com retenção de líquido, acredito que seja consequência da menopausa. Vou seguir uma dieta para diminuir a retençâo.

Gil Mendes disse...

EXCELENTE MATERIA. ACHEI O BLOG QDO PROCURAVA AJUDAR UMA AMIGA. JA ESTOU TE SEGUINDO PRA FICAR POR DENTRO DE TODAS NOVIDADES. ABRAÇOS E UM FELIZ NATAL.

wilson disse...

boa matéria,obrigado